quinta-feira, outubro 13

A Lenda do Preguiçoso

No último sábado, tive novamente o prazer de participar de mais um lançamento do livro do Giba Pedroza. Eu sou fã assumida deste maravilhoso contador de histórias.  Desta vez, o livro foi “A lenda do Preguiçoso e outras histórias” na Editora Cortez, aqui em São Paulo.


Você sabe que neste mesmo dia eu tive a festa do dia das crianças no hospital, não é? Então imagine como foi corrido chegar no lançamento na horinha marcada? Eu consegui? Lógico que não. Snif-snif. Cheguei já tinha começado a roda de histórias.


João Acaibe narrando sua história

Giba e Paulo Federal
 O Giba já tinha começado a narrar a história que dá nome ao seu livro. Mas tudo bem ouvi outras histórias depois e prestigiei meu amigo.Sentei-me lá no fundão das cadeiras, por isso as fotos estão um pouco distante também. Mas nem meu atraso, nem sentar mais distante tirou o brilho maravilhoso daquela tarde. Foi perfeito!

Os contos do livros foram narrados por um grupo maravilhoso de contadores. Tivemos ainda a presença do músico Jean Garfunkel, que permeiou as histórias com composições suas e do cancioneiro popular.

Jean Garfunkel
João Acaibe narrou "Os quatro viajantes e o pedaço do queijo". Tivemos também  “No braços de Santo Antoninho” pelo Paulo Federal . E aqui eu destaco aqui “O causo do Bichão” narrada pelo Sean Taylor.  Tive prazer de conversar um pouco depois com ele e digo, ele é uma simpatia de pessoa e super disponível.  Aconteceu até uma pausa para foto.

Camila, eu, Sean e Elaine

Quer ouvir "O causo do Bichão"? Liga a caixinha de som e aperta o play!


Confesso, estou ainda mais “IN LOVE” pelos contos da nossa tradição oral. Como é rico e cheinho de ritmo, personagens e muita, muita mesmo, oportunidade de encantamento.

Quando acabou a Roda de Histórias, começou  a sessão de autográfo. E desta vez, eu estava na fila também, mas não para autografar um livro meu. Eu tinha uma missão que cumpri com muito carinho. Autografar o livro de minha querida amiga artesã, Gilberta Sobreira, que mora longe e também é fanzoca do Giba. E dos meus pais, que o conheceram na minha formatura na Hans. E tanto carinho não poderia deixar de ter autografo, não é? Ai esta  nossa turminha da Hans presentes.


É... todos que estavam lá se divertiram. Afinal, ouvimos boas histórias com excelentes contadores de histórias . Tem programa melhor?

Até a próxima!
Elaine Cunha

2 comentários:

  1. ELAINE,
    ADOREI "O CAUSO DO BICHÃO".
    A TRADIÇÃO ORAL É MUITO
    RICA E TEM HISTÓRIAS
    FANTÁSTICAS.
    bjs
    Cristina Sá
    http://cristinasaliteraturainfantile
    juvenil.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Olá Elaine.
    Que bacana seu trabalho, aposto que mesmo com a correria toda vale muito a pena, adorei o causo do bichão. Bjs

    ResponderExcluir

A conversa sempre continua aqui nos comentários! Comenta aí! E vamos "trocar figurinhas"

Abraços!
Elaine Cunha